BEM VINDO A EMYLUZ BLOGSPOT!

BEM-AVENTURADO O HOMEM QUE ACHA SABEDORIA, E O HOMEM QUE ADQUIRE CONHECIMENTO

(Provérbio 3,13).

domingo, 23 de dezembro de 2012

NATAL! SÍMBOLO DE AMOR, ESPERANÇA E VIDA NOVA.

Que neste Natal
Aquela magia toda guardada durante o ano
venha presente nos corações daqueles que festejam o amor.
Que não apenas seja uma comemoração,
mas o início para uma nova geração.
O Natal simboliza nova vida,
pois nele comemoramos o nascimento do menino Jesus
que modificou a nossa maneira de ver o mundo,
trazendo-nos amor e esperança.
Que neste Natal sejam concretizados
todos os desejos de um mundo melhor.
Que todos estabeleçam um novo vigor de humanidade.
E que nada seja mais forte do que a união
daqueles que brindam o afeto.

FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO!!!!!!!!!!

Deixe nas mãos do Senhor tudo quanto você fizer e todos os seus planos serão realizados.
 (Provérbios 16:13).
Abraços de Emyluz!N146.jpg

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

A LINDA HISTÓRIA DE NATAL

 Contam-nos as Sagradas Escrituras desde os tempos das velhas profecias, que,
 para redimir as criaturas, havia de nascer dentre os judeus,
 Um que traria o nome de Messias e Filho diletíssimo de Deus. 
Séculos passavam-se... Os poetas em versos dedilharam seus cantares...
Nasceram soberanos e profetas e muitos tronos ruíram com fragor, 
mas inda estava em páginas secretas a história do divino Salvador. 
O povo, cheio de ódio e maldade, continuava a pecar todos os dias e, 
esquecida de Deus, a humanidade não pensava na vinda de Jesus,
preferindo viver na escuridade a caminhar ao brilho de uma luz.
Um dia, a paz que todo o encanto encerra, começava a pairar por sobre o mundo.
Reinava Augusto em Roma e pela terra em toda parte se dizia: - Há paz! 
Não se ouvia nenhum rumor de guerra nem se falava em lutas desiguais. 
Um censo em seus domínios decretara o poderoso imperador romano e às sedes das comarcas arrastara, pobres e ricos, nobres e plebeus, eunucos, cortesãos, a turba ignara, príncipes, mercadores, fariseus... 
E, para se cumprir a profecia, través de contratempos e fadigas, uma virgem que em Nazaré vivia, piedosamente a praticar o bem, com o esposo, solícita, subia entre outros forasteiros, a Belém. 
Quando chegaram dessa travessia ao termo desejado ardentemente, 
na manjedoura de uma estrebaria foram, depois, exaustos, se abrigar, porque para hospedá-los não havia nas casas de Belém outro lugar. 
E enquanto a multidão se aglomerava para cumprir as ordens recebidas, 
no céu azul distante rebrilhava uma estrela de rara e estranha luz,pois,
entre as palhas onde a serva estava, nascera enfim o Salvador Jesus. 
Hosana nas alturas! Paz e gozo na terra para os homens! Glória excelsa!
Nos céus vibrava um coro sonoroso de anjos enchendo o espaço de canções, e o povo todo afluía, pressuroso, a ver o Desejado das nações! E lá estava, humilde, o Prometido,
Aquele que era o Salvador do mundo, Aquele cujo olhar enternecido brilhava com divino resplendor,
e que viera buscar o homem perdido e salvar para sempre o pecador. 
Jonathas Braga
 in O Jornal Batista #52 Dez 1951
Minhas homenagens ao poeta que escreveu esta linda poesia retratando o nascimento de Jesus Cristo.
Dia maravilhoso em que a luz brilhou forte no mundo e que a humanidade teve pela misericórdia de Deus  o Salvador dos nossos pecados.
Emyluz.